Pele Atópica?

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018
Há 1 mês atrás comecei a notar que a Carminho tinha umas manchinhas no rosto e couro cabeludo, que depois descamavam. Enviei uma fotografia ao pediatra e soube que se tratava de pele atópica... A dermatite atópica é uma hipersensibilidade da pele (como uma alergia), e ao contrário do que se possa pensar, afeta numa grande percentagem de bebés entre os 3 e os 6 meses, embora pelo menos em metade dos casos desapareça por volta dos 18 meses. Por isso, à partida, não é alarmante, até porque não temos histórico familiar de problemas de pele. Mas há-que tomar medidas imediatamente. Deixo-vos algumas dicas e sugestões de marcas.


Antes de mais, importa referir que a dermatite atópica não é uma doença nem é contagiosa, é apenas uma inflamação cutânea. A pele atópica é uma pele especialmente reativa a determinados ambientes - poluídos, muito frios, muito quentes, com ar condicionado forte... Geralmente começa por aparecer no rosto, nas mãos, nos cotovelos, atrás dos joelhos e orelhas. Convém mostrar ao pediatra e, consoante a gravidade, entrar em ação! No caso da Carminho, como é apenas na cara e pouco, foi-nos receitado o creme facial Nutratopic da Isdin 2 vezes por dia. A Isdin tem-se revelado uma marca espetacular para problemas de pele (também usei para a assadura da fralda e foi remédio santo!).

Em casos de pele atópica no corpo, também existe o creme corporal e o gel de banho da mesma linha. E como a Isdin, outras marcas têm as suas próprias linhas para peles sensíveis, reativas e com tendência a atópicas. No fundo, o que se aconselha é uma boa hidratação da pele com produtos gordurosos e sem perfume, e com ingredientes específicos - que vão tratar, fortalecer e proteger a pele. Em casos mais graves, é desaconselhado o uso de sabão ou gel de banho, bastando um banho morno emoliente, com umas gotas de óleo (e na zona da fralda um produto muito suave). Depois do banho, deve-se secar a pele com cuidado e sem esfregar. Também não se deve vestir roupa muito justa ou em materiais ásperos e irritantes - a roupa mais adequada é a de algodão. Não devemos também agasalhar demasiado o bebé, especialmente durante a noite. Finalmente, evitar ares condicionados e ambientes com acumulação de pó ou demasiado poluídos.

4 comentários on "Pele Atópica?"
  1. O meu filho Rodrigo com 5 meses também apanhou!!! Usei o Mustela e o Aveeno e gostei bastante!!

    Beijinhos
    Parabéns pelo blog!!

    Francisca Albuquerque

    ResponderEliminar
  2. Tenho 3 filhos...a minha primeira filha a Diana não revelou pele atopica!
    Já o André e a Alice apanharam e o problema do André só desapareceu com 17 meses e o do Alice aos 20 meses!!!

    Obrigada por partilhar estas marcas com connosco sendo que algumas delas eu conheço e muito bem ;)

    Um grande beijinho
    Sara Lopes

    ResponderEliminar
  3. Quando era bebé a minha mãe disse que também tive =)

    Mas não é nenhum bicho de 7 cabeças e com os cremes e produtos certos trata se depressa!!

    Marta, ainda não obtive resposta ao meu email!!!!

    Um beijo
    Sofia Costa

    ResponderEliminar
  4. Boa tarde Marta,
    acompanho a no Instagram e a qualidade dos seus stories é muito bom apenas dou o conselho de quando recebe ou compra algo deveria falar para também ficar as entender melhor as coisas ;)

    Estou muito ansiosa para ver o segundo post sobre o Batizado da Carminho!
    A Carminho já está numa ama ou numa creche?!

    A minha Margarida e meu António foram ambos com 5 meses para o infantário e não me arrependi nada, assim como eles estam lá mais 8 meninos que ainda hoje 8 anos depois mantemos contacto!!

    Uns foram para a mesma escolinha primária já outros mudaram de direção!! =)

    Hoje a Marta anda preocupada, certamente, com o batismo já eu é com a 1ª Comunhão que é em junho!!

    O seu blog é 5 estrelas!
    Parabéns

    Muitas felicidades!!

    Um beijinho
    Eva Freitas

    ResponderEliminar