Oh Não, Começaram as Cólicas!

segunda-feira, 9 de outubro de 2017
O tema que assusta todos os pais. Sofremos por antecipação nas primeiras semanas, e sofremos efetivamente quando elas chegam. Os dias começam sem dúvida a ser mais cansativos. Aqui em casa (e segundo o pediatra, é a situação mais comum) as cólicas começam ao final da tarde. A Carminho é uma bebé tranquila e adora estar na alcofa, mas quando começa a pedir colo, a gesticular e a chorar do nada, já sei que são as cólicas. Queremos ajudar mas não é fácil... Mas na semana passada uma amiga ensinou-me um pequeno ritual que já faz parte da rotina. Mães e futuras mães, vão querer ler este post!


Já ouviram falar da massagem I Love You? Se frequentam ou frequentaram um curso de preparação para o parto é normal que já tenham ouvido. Já pude comprovar que é a maneira mais eficaz e natural de os ajudarmos. Não só quando estão com uma crise, mas para prevenir. A minha amiga veio ensinar-me e fiquei fã! Isto porque no meu curso falamos sobre o tema mas não aprendemos na prática, mas esta minha amiga aprendeu. A Carminho ficou completamente zen e dormiu muito bem. O ritual não envolve apenas a massagem, mas vou começar por aí, porque é o primeiro passo.

Antes de mais, a preparação. Devem deitar o bebé num lugar confortável (em cima da cama ou de um muda-fraldas acolchoado) e quentinho, e tirar-lhe a roupa, deixando apenas a fralda. O bebé deve estar calmo (se estiver a chorar, vai contrair o abdómen e não vamos conseguir massajar eficazmente). Depois, devem aplicar uma quantidade considerável de óleo de amêndoas doces na barriga, para evitar que a fricção da massagem irrite a pele do bebé. Feito isto, estão prontos para a massagem.

Mas afinal como se faz a massagem I Love You? Chama-se assim porque é suposto fazermos 3 séries de movimentos - a primeira formando um "I", a segunda formando um "L" invertido, e a terceira formando um "U" invertido. Fazendo uma pressão considerável (nas primeiras vezes faz impressão mas depois perdemos o medo), com estes movimentos vamos conseguir canalizar o ar e o cocó até à saída. Durante a massagem conseguimos sentir o ar a fluir, é impressionante!


Depois das 3 series (com 15 repetições cada), fazemos movimentos de bicicleta com as pernas (40 repetições) e finalizamos pressionando ambas as pernas contra a barriga e voltando a esticar (20 repetições). Depois recomeçamos do início, e depois uma terceira vez. Ao final da terceira, e no caso de o bebé não ter conseguido deixar sair o ar e o cocó sozinho, usamos a cânula do Bebegel (sem o gel dentro) para o ajudar a libertar tudo. Como já está ali tudo "à porta", conseguimos alivia-lo com alguma rapidez.

Tenho feito a massagem à Carminho ao final da tarde, com a ajuda do António. Eu faço a massagem enquanto ele mantém a bebé o mais calma possível. Claro que a massagem lhes dói e a tendência é chorarem e ficarem irrequietos, por isso dá jeito ter alguém a acalmá-los com a chupeta e umas gotas de aero-om. Mas acho que a Carminho, ao final de uma semana, já percebeu que tem de aguentar e que aquilo a vai ajudar, e já tenta aguentar sem chorar. Dia sim dia não dou-lhe banho a seguir, para a acalmar e depois dou de mamar. Remédio santo para uma noite tranquila! E também mudamos de leite (dou-lhe suplemento à noite) a conselho do pediatra, para o Miltina Digest, e ajudou!

3 comentários on "Oh Não, Começaram as Cólicas!"
  1. Olá Marta,

    Não sei se conhece as gotas Infacol, pois cá em Portugal não são fáceis de encontrar. Foram me receitadas pela Nutricionista como sendo mais eficazes e mais saudáveis que as aero om e de facto comprovei que são bem melhores a actuar.
    A compra terá de ser feita pela Internet pois pelo menos na minha zona eu não as encontrei.
    De qualquer forma fale com o pediatra da menina, pois pode ele não concordar com a toma das mesmas.

    Beijnhos

    ResponderEliminar
  2. Olá Marta, já a algum tempo que sigo o teu projecto Sabonete Cor de Rosa, mas apenas pelo instagram e venho aqui ver sempre que um post me chama a atenção!
    Apenas "entrei" no mundo dos blogs recentemente...
    Adorei este post em especial pois também vou ser mamã e com este concelho provavelmente me irá ser muito útil com o meu bebé
    Muito obrigada, nós mamãs temos de nos entreajudar neste novo "mundo" que nos é desconhecido por completo, e eu agradeço a contribuição que me tens dado com o teu blog

    Beijinhos grandes para ti e para a Carminho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico contente por poder ajudar outras mães :)
      Obrigada pelo comentário e muitos parabéns!
      Beijinhos,
      Marta

      Eliminar