Pelo Douro

segunda-feira, 24 de setembro de 2012
O fim do verão pode ser uma coisa triste, mas se for passado num sítio lindo e em boa companhia, passa a ser uma coisa boa. Convidados por amigos, eu e o António fomos passar o fim-de-semana ao Douro. Fiquei a dormir na Quinta das Carvalhas, da Real Companhia Velha. Fica em frente ao Pinhão, do outro lado do rio, e é, sem dúvida, um dos locais mais bonitos que já visitei.



Estive dois dias rodeada de paisagens deslumbrantes, cheias de vinhas. À noite, no meio do mais puro silêncio, consegue-se ver cada estrela que há no céu. Demos passeios, conhecemos adegas, comemos maravilhosamente, aproveitamos a piscina, que fica debruçada sobre o rio, e tudo isto sempre na melhor companhia. Gostava de ter ficado mais uns dias para poder visitar tudo o que existe ali à volta, mas os fins-de-semana duram pouco, por natureza. Ainda assim, subimos até à Casa Redonda, que fica no cume do monte. A vista lá de cima é inacreditável! Também fomos conhecer o Palácio do Cidrô, que é um espanto. Na visita à adega, ainda tive oportunidade de fazer uma coisa que queria imenso fazer: pisar as uvas! Não é a melhor sensação do mundo, mas gostei da experiência e sai de lá com as pernas bem esfoliadas! Foi uma excelente forma de acabar o verão! A próxima visita já ficou combinada para a altura da caça. Se ainda não foram conhecer aqueles lados, têm de ir. Ficam aqui algumas fotos para vos fazer crescer água na boca!


















Visitar o site da Real Companhia Velha - aqui.


Comentar
Enviar um comentário