A Alimentação da Carminho (1 ano - 1 ano e meio)

sexta-feira, 30 de novembro de 2018
Depois dos últimos dois posts, vocês pediram-me muito que continuasse a contar-vos a evolução da alimentação da Carminho, por isso aqui está! Vou também aproveitar para tirar algumas dúvidas que ficaram em relação ao leite. Eu vou adaptando a dieta dela segundo as orientações do pediatra e consoante o que leio sobre o assunto. Na consulta do 1 ano, foi-me dito que ela podia finalmente comer o mesmo que nós, tendo apenas algumas pequenas restrições por questões alergénicas. Foi-me também recomendado que fizesse mais refeições com menos quantidade de comida, assim como faço para mim. 


Começando pela consulta no pediatra, ele pediu apenas que tivéssemos cuidado com 4 coisas, nomeadamente o sal, o açúcar, os fritos e os sumos. E que evitássemos outras 4 - os amendoins, o marisco, os frutos vermelhos com pêlo (framboesas, morangos) e o chocolate/cacau. Recomendou também que a Carminho fizesse mais refeições com menos quantidade de comida. Cozinho sempre a comida dela em casa, mas quando vou a restaurantes ela come coisas temperadas, acho que também não é preciso ser extremista. Isto foi uma coisa positiva cá em casa porque, por exemplo, a sopa faço a mesma para todos e acabamos por adicionar apenas um bocadinho de sal, muito menos do que eu usava anteriormente. Quanto ao horário das refeições, neste momento é o seguinte:

8h30 - Biberão de 240ml de leite
10h00 - Iogurte natural sem açúcar e uma bolacha de aveia
12h00 - Almoço completo (sopa, prato e fruta)
15h00 - 1º Lanche (ex. uma peça de fruta)
17h00 - 2º Lanche (ex. um queijinho, papa, iogurte se não tiver comido de manhã)
19h00 - Jantar completo
20h30 - Biberão de 120ml de leite

Em relação ao leite, disse-vos recentemente (neste post) que estou a dar o NAN Optipro 4 por recomendação do pediatra. Este leite oferece uma mistura proteica adaptada para fornecer a quantidade certa de proteínas necessárias ao crescimento do bebé, sem sobrecarregar os órgãos ainda imaturos. E ainda uma mistura de lípidos maioritariamente insaturados, de acordo com as últimas recomendações pediátricas. É tão fácil colocar-lhes um biberão na mão e eles gostam tanto! Não há refeição mais prática do que esta.

Agora, já que num post anterior vos falei das sopas, partilho neste os pratos preferidos da Carminho:

* Esparguete à bolonhesa
Faço igual à nossa mas sem sal e uso massinha pequenina, muito mais fácil de dar e de eles comerem sozinhos (chama-se "Massa Cous-Cous" marca Continente). Coloco a massa a cozinhar junto com a carne, para ser mais prático e ficar mais saboroso.
* Farinha de pau de pescada e brócolos
Coloco a pescada e os brócolos a cozer em água com azeite durante 10 minutos (15 se a pescada estiver congelada) e depois uso a água de cozedura ainda a ferver para dissolver a farinha de mandioca até obter uma consistência cremosa ligeira (acaba sempre por engrossar depois de feito) e finalmente misturo tudo.
* Arroz de frango e couve-flor
Coloco tudo a cozer junto durante 10/15 minutos em água com azeite.
* Massinha com vitela e cenoura
* Massinha ou arroz malandro com pescada
Coloco tudo a cozer junto durante 10/15 minutos em água com azeite.
* Hamburguer caseiro com esparguete
Faço hambúrgueres caseiros com carne de vitela triturada no talho duas vezes e ovo para juntar tudo, e congelo individualmente. Depois vou descongelando e frito com um fio de azeite.

Coloco muitas vezes as refeições da Carminho no meu stories, e tenho-as sempre nos destaques para se quiserem consultar e tirar ideias. Ainda faço pratos bastante simples, com carnes magras. Acho que é o melhor para a saúde dela e são pratos que eu consigo cozinhar rapidamente e sem complicações, o que também é importante para mim. Antes do prato dou-lhe sempre uma concha de sopa e depois dou-lhe meia ou uma peça de fruta. Tenho dado as frutas que ela mais gosta: kiwi, pêra, ameixa, tangerina ou banana.

Agora a próxima alteração será, a pedido do pediatra, dar o jantar mais tarde para ela fazer a refeição ao mesmo tempo que nós e promover a partilha familiar. Ensinar a estar à mesa com os pais. 

Partilhem comigo as vossas rotinas, se tiverem filhos desta idade, via instagram! Até já!

Comentar
Enviar um comentário